Eleito vereador por São Paulo,Telhada, ex Coronel da PM, ameaçou André Caramante, Jornalista da Folha.

É lamentável São Paulo eleger um vereador que intimida, difama o profissional da imprensa. O comandante Paulo Adriano Lopes Lucinda Telhada, vulgo Telhada, ex-chefe da Rota, elegeu-se pelo PSDB (Partido Social da Democracia Brasileira) no domingo passado. Esse sujeito covarde e delinquente valeu-se do abuso de autoridade para ameaçar, agredir moralmente e colocar em risco a segurança do jornalista da Folha de S.Paulo, André Camarante, porque o mesmo publicou uma matéria intitulada: “Ex-chefe da Rota vira político e prega a violência no Facebook”; no qual relatava os abusos cometidos pelo policial contra civis, chamando-os de vagabundos. Depois do episódio, o canalha passou a perseguir e intimidar o jornalista da Folha, inclusive solicitou a seus seguidores fazer o mesmo no facebook e protestar contra suas matérias publicadas no jornal, reclamando na redação da Folha.

Apesar dos constantes ataques pessoais e ofensas contra André Camarante, ele seguiu trabalhando, até as ameaças chegarem a sua família. O jornalista que desempenhou seu papel da melhor maneira possível de informar e denunciar os abusos cometidos por policiais á população foi obrigado mudar-se para outro país; o destino não foi revelado por sua própria segurança e de seus familiares.

Felizmente o Ministério Público Eleitoral (MPE)  entrou com pedido de impugnação da candidatura do ex Coronel Telhada. O processo tramitará na Justiça Eleitoral e deve ser julgado após as eleições. Esperamos um parecer favorável da justiça pois Telhada é um sujeito   desqualificado, mau preparado, intolerante, que ameaça a liberdade de imprensa e a democracia.

Um homem mau caráter como esse não tem ética e moral para legislar para a Prefeitura de São Paulo e pela sociedade civil.

Ficamos no aguardo que a Justiça tome as providências cabíveis com urgência para punir Telhada, que deverá prestar contas por suas declarações contra a honra do jornalista e por ameaçar sua integridade física, incitar o ódio e a violência nas redes sociais. Esperamos que o jornalista volte a trabalhar em seu país exercendo seu direito de liberdade de expressão.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s